Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

AÍ ESTÃO ELES! (OSFILHOS DA VIÚVA)

 

Em mais uma notável iniciativa, eventualmente destinada a proteger o povo, o Grande Oriente Lusitano aprovou, por 57 votos contra 21, uma proposta do mui nobre Grão-Mestre. Trata-se, nada mais nada menos do que da formação de um “núcleo interno de intelligence” destinado a desempenhar as “funções próprias daqueles organismos (de espionagem) no âmbito da defesa e prevenção”.
Esta brilhantíssima iniciativa foi completada por outra (77 votos a favor, 7 contra) que preconiza a “contratação de ‘equipas técnicas’ externas” destinadas a “consultadoria” e “apoio efectivo” “nos domínios da segurança de pessoas, património e informação”.
Antes de mais reconheça-se que os factos vieram provar que o mui nobre senhor tinha carradas de razão ao fazer a sua proposta: esta, mal foi aprovada, foi parar à “Lusa”, ao que se supõe pela mão de algum dos 21 ou dos 7 traidores que votaram contra. Da “Lusa” aos jornais (alguns…) foi um saltinho. Se o mui nobre Grão-Mestre já tivesse à sua disposição o “núcleo interno de intelligence”, nada disto aconteceria. O “núcleo” meteria um cagaço de tal ordem aos delatores internos e aos ímpios da Lusa, que os primeiros não poriam a coisa cá fora e os segundos não a espalhariam. Se a tal se atrevessem, o Grão-Mestre enviaria uma “equipa técnica” para tratar do assunto: esta, após as devidas consultas, por ordem directa do mui nobre daria “apoio efectivo”, isto é, os delatores e os ímpios eram capazes de ter algum aborrecimento, que poderia, em caso de contumácia, transformar-se em acidente.
Além desta enorme utilidade, imagine-se o que a intelligence poderá vir a ter como funções:
a)     Comunicar ao Grão-Mestre todas as intenções menos republicanas, menos laicas e menos socialistas dos partidos políticos e dos seus agentes, a fim de que as “equipas técnicas” possam desencadear as acções de “apoio efectivo” que, caso a caso, o Grão-Mestre tiver por bem;
b)    Investigar a vida privada dos irmãos e dos cidadãos em geral, a fim de verificar se jogam aos matraquilhos, se preferem o berlinde ou se têm tendências monárquicas, isto na nobre intenção de pôr fim a tais hábitos ou ideias através, mais uma vez, de tarefas de “apoio efectivo”;
c)     Introduzir-se nas empresas, igrejas, clubes de futebol, associações de empregadas domésticas e outras forças vivas da Nação, a fim de verificar a conformidade das suas actividades com os princípios e determinações do Grande Oriente Lusitano, desencadeando a seguir as necessárias medidas de contenção, através das “equipas técnicas”;
d)    Vigiar de perto os agentes políticos e económicos e submeter a “apoio efectivo” - via “equipas técnicas” - todos os suspeitos de ter, ou espalhar, matérias subversivas, entendendo-se por subversivo tudo o que possa ser do desagrado do mui nobre Grão-Mestre (ideias, pensamentos, intenções, desejos, acções ou omissões).
O Irritado fornece estas sugestões sem qualquer paternalismo, uma vez que compete ao mui nobre Grão-Mestre de tão alta e tão benemérita instituição determinar as tarefas a desempenhar pelo “núcleo” e pelas “equipas”, e sem qualquer intenção de obter vantagens de qualquer ordem. Trata-se de mera solidariedade.
Por outro lado, o Irritado avisa o respeitável público que será abusiva qualquer comparação entre o GOL e os directórios da I República, entre a consultadoria e a conspiração, entre o “núcleo interno” e a Carbonária ou entre o “apoio efectivo” e os métodos desta.
21.5.09
Irritad(íssim)o

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D