Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

ALBERTO GONÇALVES, OU DOS FEITOS DO LÁPIS VERMELHO

 

Muita gente gosta de coisas vermelhas: o Benfica, o PC, e outros que as têm como emblemáticas, tal a Vodafone e a minha pasta dos dentes.

Na política, temos inúmeras linhas vermelhas, uma imagem de retórica normalmente tendente a ser esquecida ou recuperada segundo as conveniências: o Portas tinha umas, a absurda Catilina esgrime outras para inglês ver, e até o tipo do Sporting pratica tal desporto.

Por mor da geringonça, porém, temos o lápis vermelho, a lembrar os velhos tempos do outro, o azul, o dos coronéis da II República. Há exemplos disto um pouco por todo o lado, com serventuários praticantes aqui e ali, mas com tendência a proliferar, via saneamentos PRECo-saramagueses.

Ainda é permitido criticar o poder, desde que dentro dos limites da moral republicana e socialista. Mas, atenção, a coisa tem limites! Se for demasiado profunda ou, o que é pior, demasiado inteligente, alto e pára o baile!

É o caso de um tipo (há outros) criteriosamente escolhido, leia-se varrido pela bempensância “informativa”, ou seja, pelo gringoncial lápis vermelho. Trata-se do mais inteligente, do mais acutilante, do mais mordaz, do mais indispensável à moralização dos que, como o IRRITADO, não têm pelo chamado governo e seus adeptos uma especial consideração. Mesmo para alguns adeptos da coisa - os não estúpidos, se os houver - as crónicas de Alberto Gonçalves eram balsâmicas, pelo menos do ponto de vista do desafio e da profundidade.

Mas... Alberto Gonçalves passava das marcas e podia perturbar a serenidade das hostes. Daí que, à boa moda do Putin, tivesse que ser silenciado. Dados os nossos brandos costumes, mandá-lo matar seria mal aceite, a Europa não gostava: chega o saneamento. O “Diário de Notícias”, como o IRRITADO já teve ocasião de sublinhar, correu com ele. Agora, foi a revista “Sábado” (que, por indesmentível lógica, sai à 5ª feira) a dar-lhe com os pés, substituindo-o por coisa mais mansa.

A título de declaração de interesses, o autor do IRRITADO informa que comprava tal revista (que não interessa a ninguém com dois dedos de testa) exclusivamente para levar para casa o artigo do Alberto Gonçalves. Este fez duas semanas de férias (no que me diz respeito, duas semanas sem comprar o papelucho) e, quando elas acabaram, foi corrido, ou seja, foi submetido ao lápis vermelho do director da coisa, que não sei quem é mas que, como é evidente, está feito com o poder social/comunista. A poupança semanal assim obtida veio reforçar a poupança diária já em curso por alma de um DN menos mau mas igualmente ingressado na classe dos rinocerontes da fábula do Ionesco: o Baldaia, para provar que é “da malta”, escovou o Gonçalves.

Espera-se que, a todo o momento, o Tavares (o bom, ou bonzinho) seja também posto na rua pelos gerentes do “Público”. Já faltou mais.

 

6.4.17

4 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D