Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

CAVALARIA APEADA

Não faço ideia do que isto vai dar, mas estou divertidíssimo. Então não é que o Passos Coelho os pôs em cima da mesa e decretou: se querem festa, vão tê-la, e da boa!

Por um lado, é fácil, uma pessoa pensa o que é mais imediato: se o PSD era a favor da redução da TSU para as empresas, por que raio vai votar contra o chamado acordo da feira de gado? Que incoerência!

Por outro, a verdade, verdadinha, é esta: os camaradas bolchevistas/trotskistas/maoistas (PC/BE) fizeram a sua jogada: votavam contra, ficavam com os loiros e, como o PSD votava a favor, estava tudo conseguido, a geringonça ficava tão sólida como antes, e eles a cantar vitória, isto é, tinham ganho uma malha contra o patronato reaccionário e fascista, podiam clamar a sua “coerência”, e, bem vistas as coisas, o acordo da feira de gado passava, a glória ficava do seu lado e a culpa do lado da direita neoliberal! Uma jogada de mestre.

Imagine-se agora o frisson que vai nas hostes. O sacana do Passos Coelho trocou-nos as voltas e, se a coisa não passa, a culpa é nossa! O Jerónimo está cheiro de erisipela, a Catarina, tremebunda e gemebunda, regouga pelos cantos. Ainda por cima os nossos bem amados camaradas socialisto/galambófilos, tão chegadinhos a nós, por mais que façam, que esperneiem, não vão conseguir disfarçar que, se a coisa não passa, a culpa é nossa, não do Coelho.

Ver a geringonça assim enrascada dá ao IRRITADO uma alegria que há muito não sentia. Cumpre-lhe agradecer a Passos Coelho o entalão que dá ao chamado governo e a Sua Excelência do Costume - perigosa entidade que, segundo os jornais, também já anda para aí a dar à casca.

É claro que, não por causa dos inimigos externos mas por mor dos “amigos" internos, Passos Coelho vai passar um mau bocado: dos bas-fonds da intriga, os Rios&Cª vão aumentar os ataques, as intrigas, as manobras, as declarações, o poder da inveja, a fúria da ambição. É fácil, Passos Coelho dá-lhes o flanco, o peito às balas, oferece-lhes oportunidade para mostrar o que (não) valem.

A ver vamos quem ganha esta guerra.

No fim, o que fica de mais positivo, é que os partidos comunistas, todos contentes com a cavalaria com que contavam, ficaram apeados, e de calças na mão.

 

14.1.17

3 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D