Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

CONVERSA DE CHACHA

 

Todo penteadinho e maquilhado, o nosso (deles) chamado primeiro-ministro veio à televisão do Estado (deles), serviço público (deles), dar largas à sua conversa em família (deles).

59 minutos de beco-beco, sem contar com as bocas no corredor.

Ficámos a saber que os contratos dos transportes, assinados pelo Estado, nunca existiram. Sim, meus senhores o Estado (deles) dá esse valor às assinaturas do Estado. Explicando, o homem opina (sem que os trabalhadores do serviço público - deles - o contradigam): se ainda não tinham o visto do Tribunal de Contas, os contratos não existiam. O IRRITADO tem a honra de esclarecer que os contratos existiam, sim senhor, precisavam era do tal visto para entrar em vigor, o que é “ligeiramente” diferente de não existirem.

Ficámos a saber que a culpa de todos os acontecimentos relativos à CGD são do auditor. Sim, meus amigos, não houve mentiras, não houve palavras desonradas, nem trapalhadas ou trapalhices, não houve decretos ilegais, nada, nadinha, tudo limpinho, claro, transparente, cristalino. Não houve créditos marados, nem favores aos amigos do PS, nada, nadinha. O que houve foi uma besta de um auditor que meteu os pés pelas mãos. Um esclarecimento digno do senhor Costa. Acrescente-se e sublinhe-se que o homem, como é evidente, tem a “consciência” tranquila. Outra coisa não seria de esperar.

Ficámos a saber que, na questão da dívida, quem tem razão é o Bloco de Estrume. Qualquer mal entendido não passa de pormenor de timing. Mais tarde ou mais cedo, não pagamos. O resto é conversa. Consta que as esquerdoidas abriram uma garrafa de vodka.

Ficámos a saber que a anunciada diferença de 480 milhões - a menos - no investimento não passa de manobra de diversão. É que, fiquem a saber, o investimento subiu nada menos que 7%. Não se sabe em relação a quê, sendo de supor que se trata da compra de novos carrinhos de vendedores de castanhas assadas filiados na geringonça.

Ficámos a saber que a dívida (o indicador que mais sobe) afinal está em vias de descer vertiginosamente. Para o ano, é claro. E, acrescentemos, se não descer, a culpa é do auditor ou de outro tipo qualquer.

 

E não vale a pena continuar. Ficámos esclarecidos. Como já estávamos esclarecidos, se vimos a coisa até ao fim mais não fizemos que perder tempo.

 

6.12.16

5 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D