Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

DONA MARIA LUÍS

Gostava de deixar aqui uma palavra o mais politicamente incorrecta que se possa imaginar. Uma palavra de apoio e compreensão para com a dona Maria Luís (não a conheço nem nunca a vi) no seu novo emprego. Porventura a única palavra que, neste sentido, alguém pronunciará, o único apoio que a senhora ouvirá, se ouvir.

Dá-me um certo prazer furar a unanimidade vigente. Furar os altíssimos conceitos morais, políticos, sociais e de outras naturezas (de inveja, raiva, frustração, etc.) que por aí pululam, à esquerda, à direita e ao centro. Não, não são unânimes, o IRRITADO não alinha.

Os conceitos em uso constituem uma inversão do Direito, isto é, a senhora é uma criminosa sem culpa e sem suspeita. É culpada e suspeita porque pode vir a ser culpada e suspeita, não porque tenha feito fosse o que fosse de culpado ou suspeito. Tal como eu ou você, que podemos vir a ser culpados ou suspeitos de tudo e mais alguma coisa, porque, sendo livres, podemos vir a ser culpados ou estar suspeitamente envolvidos em algo que possa ser culposo.

Porque ando na rua, posso vir a dar um pontapé no rabo de uma velhinha. Mas não dei, nem nada pode indicar que quero dá-lo. Mas sou suspeito, ou antecipadamente culpado, só porque ando na rua e porque tenho pés que podem dar, ou vir a dar, pontapés no rabo de velhinhas que andam na rua e têm rabo. O único remédio para evitar tal possível eventualidade é proibir-me de andar na rua. Uma coisa que me chateia.

É claro que a dona Maria Luís se expõe à turbamulta. Um sinal de coragem e de afrontamento ao politicamente correcto. Deveria, segundo a moral correcta, meter as suas competências na gaveta, esquecer o que sabe e quem conhece, abdicar da sua profissão, deixar-se ficar sentadinha na bancada da AR, inutilizar-se, abdicar de si mesma? Parece que a empresa onde vai colaborar comprou crédito ao Banif. E depois? Foi crime? Foi a a dona Maria Luís que o vendeu? E se fosse? É crime? Não, nada. Torna-a suspeita de quê? De coisíssima nenhuma.

Acho que faz muito bem em afrontar a falsa moral que, nos nossos dias, nos comanda a vida em sociedade, invertendo tudo e tudo esmagando.

As pessoas que tiveram ou têm, algum poder político, passam a párias? Talvez. A inveja é, nos nossos dias, o mais alto dos valores. Na verdade, sempre foi. Em casos destes, entra em paroxismo generalizado.

O IRRITADO deseja à dona Maria Luís as maiores felicidades no seu novo empregozinho. E, já que tal coisa é, segundo as crónicas, só para dois dias por mês, que continue a prestar serviços na Assembleia. Onde está o crime, onde está a culpa, onde está a imoralidade?

Responde a turbamulta: é que pode vir a dar um pontapé no rabo de alguma velhinha.

 

7.3.16

9 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D