Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

FRASES LAPIDARES, SEGUNDO O “EXPRESSO”

 

Presidentes e presididos

Diz o nosso (deles) Presidente que, se fosse presidente do PSD, tal o impediria de ser “presidente de todos os portugueses”, boutade largamente usada pelos seus antecessores, insinuação tendente a meter na cabeça dos incautos e dos ignorantes (que deve ser como consideram a canalha) que há uma ligação institucional ou afectiva entre eles e nós.

Tanto o actual como todos os outros têm por obrigação respeitar e fazer respeitar a Constituição da III República (não confundir com Constitução Portuguesa, coisa que não existe), a Constitução é da República, não do país. Ora tal Constituição da República diz, preto no branco e sem rodriguinhos ou alíneas, que o presidente é Presidente da República e de nada mais. Razão pela qual a história do presidente de todos os portugueses é inconstitucional e devia ser proibida. Que presida à III República, vá. A mim (nós) não preside de certeza.

Já agora, como diz Passos Coelho, “ainda bem que ele não é o presidente do PSD”. Já foi, e os resultados foram o que foram.

 

Acordos e embaraços

Dando corpo à teoria dos consensos e dos acordos patrióticos por aí tão tidos por necessários, veio o chamado primeiro-ministro lamentar-se por haver uma coisa em que está de acordo com o chefe da oposição. Um “embaraço” disse ele. Aqui temos a expressão sincera do patriotismo do fulano, ou seja, das baias, ou varais, da geringonça.

 

Feelings

De volta às presidenciais intervenções, há que notar que já não são só de louvaminhas e ratatés à geringonça; passaram a ser de futurologia. O Presidente tem um feeling – não um dedo que adivinha, não um desejo, só um anglo-saxónico estado de alma – “que as exportações portuguesas em Novembro vão crescer muito”. Não se sabe de que pré-monições ou bolas de cristal se vale sua excelência. Mas, se Outubro serve de exemplo, é de temer que as bruxas que vicejam na santa alma presidencial o tenham enganado.

 

Cosmologia

Esse heróico navegador dos mares do nacional-parlapatismo, o camarada Caramba, perdão Galamba, em súbita inspiração cosmológica, veio afirmar que “não há nada escrito nas estrelas que impeça um governo com ministros do BE e do PCP”. Tem carradas de razão: as estrelas estão-se nas tintas para o caramba e para a geringonça. O que fica é o alto e doce sonho do homem: ele, ministro da propaganda, lado a lado com a Mariana, ministra da correcção, e com a Rita Rat...o, ministra dos cabeleireiros. Uma pena que se tenha esquecido da Heloísa, que daria uma óptima ministra da gritaria. Fica a intenção, sobretudo para os que ainda não perceberam para onde vai o barco.  

 

11.12.16

3 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D