Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

OS INCONSTITUCIONAIS

O camarada Costa, impante da importância que não tem, anda para aí aos abraços ao PC e o BE, a explorar a monumental falácia – que interiorizou – fabricada pela extrema esquerda com o fim de criar a respectiva “maioria”, isto é, para levar o PR a aceitar um governo totalmente inconstitucional.

Explicando:

  1. Nenhum dos partidos de esquerda foi o mais votado. Não convidar para formar governo a formação mais votada é inconstitucional;
  2. Os partidos comunistas são, ou estalinistas (PC), ou enverhochistas/maoistas (BE/UDP), ou trotskistas (BE/PSR), ou não-se-sabe-bem-o-quê, mas comunistas na nesma (BE/Política XXI). No ideário de todos estão, por exemplo, o regime de partido único (inconstitucional), a negação dos tratados em vigor (inconstitucional), o fim dos compromissos do Estado em relação às questões de defesa (inconstitucional) o fim da propriedade privada (inconstitucional). Nenhum destes partidos abjurou do seu ideário de base, pelo que, se têm direito a representação política, não têm o de se constituir em “vanguardas esclarecidas”.

Os grandes defensores dessa coisa híbrida e confusa que se chama Constituição, afinal só querem dela o que lhes convém, mormente com as doutas e politiquíssimas interpretações do Tribunal Constitucional. A parte democrática, europeia e atlântica da Constituição não lhes interessa. Trogloditas políticos mais preocupados com a cartiha que com o país.

Se o camarada Costa põe a hipótese de se unir a eles para governar, para além de fazer o PS negar a parte democrática da sua postura, representa uma traição evidente a tudo o que tem defendido até hoje, de compromissos de décadas em relação à posição de Portugal no mundo. Basta que converse com gente dessa. Basta que a visite. Basta que procure “convergências” com adeptos da ditadura. Não precisa coligar-se para mostrar a sua sede de poder, aliás já sobejamente demonstrada com a defenestração de Seguro, o oco. Quererá o Costa fundar outro PS na secretaria? Basta que ponha a hipótese para não passar de um díscolo político, de uma besta em figura humana, tal o Soares filho e o Alegre.

 

Consta que – notícias de Bruxelas – os homens da troica já reservaram, para daqui a seis meses, passagens para Lisboa e quartos em vários hotéis. Esperemos e, se calhar, veremos.

 

7.10.15

6 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D