Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

POPULISMO

 

Muito se fala por aí de populismo. Tece-se, sobre o assunto, as mais rebuscadas teorias, opiniões e patacoadas.

Vou entrar nisso. O que é o populismo? Fácil: é identificar ou inventar problemas, arranjar uns culpados, e dizer que se tem ideias e soluções miraculosas para resolver uns e acabar com os outros, soluções simples que entrem na cabeça dos menos avisados de forma imediata e convincente.

A generalidade dos teóricos identifica o populismo com certas correntes políticas de direita radical. Nesta ordem de ideias, não há populismo em Portugal. Nada mais errado. Há por cá populismo com fartura. Só que, ao contrário do que se passa em França ou na Holanda, por exemplo, o nosso não é de direita, ainda menos radical, coisa que por cá não existe. No entanto, clama-se contra qualquer meia dúzia de tipos que representam coisa nenhuma, como se de horrendo e perigosíssimo populismo se tratasse. O “raciocínio” é simples: atirando o exclusivo do populismo para as costas de ínfimas franjas de direita, disfarça-se o verdadeiro populismo que por aí viçosamente campeia, e é de esquerda. O “Podemos” espanhol, por exemplo, não é populista, nem pensar!

 

- O populismo do PC, com base em ódios, frustrações e teorias, consiste em convencer “os trabalhadores e o povo” de que se tem soluções capazes de pôr a maralha a viver maravilhosamente. São conhecidos os resultados da aplicação de tais ideias, na Rússia, em Cuba, na Venezuela, etc.: miséria generalizada, ausência de liberdades públicas, direitos humanos no caixote do lixo, etc..

- O BE é mais ou menos a mesma coisa, com ingredientes afins: nacionalismo feroz, soberanismo, luta contra a democracia liberal, soluções ruinosas, demagogia a rodos. O mesmo caminho para a miséria, ora mascarado de “direitos”, sobretudo da cintura para baixo.

- Em matéria de populismo, o PS é mais eficaz que os outros. A propaganda infrene, o uso trafulha de tudo quanto é número, a perseguição e o insulto dedicados a quem não concorda, a manipulação desenfreada da informação, os saneamentos, as reversões, tudo serve para mascarar, ou aprofundar, o “caminho”.

- A cereja em cima do bolo do nacional-populismo reside em Belém. Uma cereja popular, popularucha, a proteger com mais populismo o populismo dos outros. É a função primeira do chefe da III República.

 

Populismo em Portugal? Que ideia!

 

19.3.17      

2 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D