Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

SENTIDO DE ESTADO E AMOR À PÁTRIA

 

Quase todos os dias, os jornais referem, como se se tratasse de problema exclusivo dos venezuelanos, as malfeitorias do senhor Chávez e da sua acanalhada camarilha. Nacionalizações trafulhas, ataques cada vez mais violentos a quem não é da cor ou deixou de o ser, atropelos a tudo o que é Direito, processos, prisões, aldrabices políticas.
Perante isto, os amigos portugueses do senhor Chávez andam caladinhos como uns ratos.
Um pequenote de nome Braga, que “abriu”, com pompa e circunstância, as portas da Nação ao fulano, nunca mais apareceu.
O senhor Pinto de Sousa, visita do senhor Chávez e o mais visitado dos seus amigos, mete-se em copas.
O Dr. Mário Soares, o maior nacional-elogiador do homem, nunca mais tocou no assunto. “Tá queto ó mau!”
 
Como o Irritado, e muito bem, não se cansou de avisar, os tão celebrados “negócios” do senhor Pinto de Sousa com o tirano da Venezuela vão todos por água abaixo, a começar no “Magalhães” e a acabar nas “energias renováveis”.
Uns, nem sequer chegarão a realizar-se. Foram “suspensos”. Felizes os que se livraram a tempo das propostas da parelha Pinto de Sousa/Chávez.
Outros, estão em banho-Maria. Ai de quem já lá pôs um chavo!
Outros ainda, jamais passarão de bombásticas declarações para impressionar o Zé.
 
Como sempre foi mais que óbvio, o senhor Chávez tem mais que fazer que aturar o senhor Pinto de Sousa ou que se preocupar
com o Zé. Não lhe chega o tempo para perseguir a oposição, nem o dinheiro para pagar as armas à Rússia.
Serviu-se da propaganda do governo desta pasmaceira para obter os votos da comunidade portuguesa na Venezuela e, por cá, para épater le bourgeois. Foi tudo.
 
O socialismo nacional, possuído da mais profunda falta de inteligência, do mais arrevesado sentido de estado, do mais mal parido amor à Pátria, da mais desbragada demagogia e da propangandite aguda que é a marca número um da sua “governação”, embarcou-nos nas suas espúrias amizades, fez de nós os palhaços da Europa (o único país europeu com relações íntimas com o bandido), atirou sobre as nossas cabeças o pesado manto da sua irremediável estupidez.
 
É claro que a revolução socialista do senhor Chávez vai ter o destino de todas as revoluções socialistas passadas, presentes e futuras: mergulhará a Venezuela na mais horrenda das misérias, na total ausência de Liberdade, no isolamento e, quem sabe, na guerra.
O problema é dos venezuelanos mas é também do mundo, sobretudo daqueles do mundo que embarcaram na “crença” no socialismo chavista, igual a todos os socialismos.
  
Bem pode o Dr. Soares e quejandos limpar as mãos à parede. Se fossem capazes disso, recomendar-lhes-ia que guardassem para si os seus amigos e não os impingissem ao povo.
 
27.5.09
  
António Borges de Carvalho

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D