Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

NOS MEANDROS DA LOUCURA

 

Parece que o senhor Pinto de Sousa entrou na fase do delirium tremens.
Uma multidão de idiotas e de ignorantes, que se têm por artistas, gente “educada” pelo Estado, como não podia deixar de ser, chamou-lhe fascista.
O homem borrou-se de tal maneira que nem foi capaz de sair pela porta principal. Esgueirou-se pelas traseiras, não fosse o diabo tecê-las. Os jornalistas em presença nem sequer conseguiram ver em que carro se fez transportar, sendo de pôr a hipótese de ir escondido nalgum porta-bagagens.
   
Logo a seguir, o seu alter-ego, chamado Vital, encarregado de mandar as bocas que o chefe, para já, não arrisca, pleiteou a favor de mais um imposto, a que chamou "europeu". O Dr. Almeida Santos, possuído de gerontológico furor, resolveu transformar a brilhante ideia em "imposto mundial". Ou seja, a tirada de pré-aviso que o senhor Pinto de Sousa encomendou, transformou-se em destrambelhado disparate.[1]
 
No que diz respeito ao Dr. Barroso, bombo de festa do Vital, a coisa vai dar mais ou menos no mesmo. O senhor Pinto de Sousa, vítima do síndroma da António Arroio, encomendou mais esta.
- Ó Vital, vai abrindo caminho para que, depois das eleições eu possa dizer que, afinal, por pressão dos deputados, deixamos de apoiar o homem!
 
Os inteligentes jornalistas que por aí vegetam caíram na esparrela. Vai daí, exploram à saciedade as “contradições” entre o chefe do PS e o seu representante nas eleições europeias.
Não perceberam três coisas:
Primo: o senhor Pinto de Sousa, politicamente, há muito não está no pleno uso das suas faculdades mentais. Percebeu que as coisas não estão fáceis e resolveu esbracejar, num desespero quase esquizofrénico.
Secundo: o senhor Pinto de Sousa chegou à conclusão que a malta não quer aturar mais mentiras e, como verdades são coisas que não estão no seu léxico, encarrega o Vital de as dizer
Tertio: o senhor Pinto de Sousa continuará, assim, a dizer as suas inevitáveis mentiras, e manda o Vital falazar as verdades, para que possa ter “terreno” para as vir a adoptar logo que se caia na real, isto é, depois das eleições.
 
O mais que se pode desejar é estes vitais tiros saiam aos dois pela culatra.
 
28.5.09
 
António Borges de Carvalho

 


[1] Dado que o Dr. Almeida Santos é um espertalhão, é de arriscar a explicação seguinte: como o homem concorda tanto como eu com o novo imposto do Vital, tratou de o tornar ainda mais absurdo, na estulta esperança de acabar com mais esta loucura do primeiro-ministro. Malandrice!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D