Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

ACTUALIDADES TELEVISIVAS


1
O grande problema com que a Pátria se debate já não é o desemprego, nem a crise, nem o défice, nem os professores, nem os juízes, ainda menos o casamento dos maricas ou a improdutividade da economia. O verdadeiro problema do país é o de saber se foi o PS ou não foi o PS quem arranjou uma casca de banana à dona Guedes Manuela.
Pelo menos é a tratar disso que se entretêm a “informação”, os comentadores e os políticos. Inutilmente, porque a malta já sabe a solução do problema. A malta raciocina. Assim
a)   A dona Guedes Manuela é uma chata;
b)   A dona Guedes Manuela deu pancadaria de morte ao senhor Pinto de Sousa;
c)   O senhor Pinto de Sousa não é capaz de desmentir os factos adiantados pela dona Guedes Manuela – porque são todos verdadeiros;
d)   O senhor Pinto de Sousa não é capaz de convencer ninguém que há uma “campanha negra” contra ele, movida por “forças ocultas”, pela simples razão que não há campanha negra nem forças ocultas;
e)   O senhor Pinto de Sousa perdeu a cabeça, várias vezes, tendo chegado a fazer discursos (2) ao congresso do PS e à dona Sousa Judite, a dizer cobras e lagartos da dona Guedes Manuela;
f)    O senhor Pinto de Sousa, tendo sido acusado de montar uma estratégia para a PT comprar a TVI, a fim de correr com a dona Guedes Manuela, foi obrigado a recuar;
g)   A TVI, onde a dona Guedes Manuela trabalha, é propriedade de uma empresa espanhola que é feroz e confessa adepta do socialismo dito democrático;
h)   O socialismo dito democrático espanhol tem relações íntimas com o socialismo dito democrático português que o senhor Pinto de Sousa chefia;
i)     A dona Guedes Manuela foi apeada do altar onde oficiava às sextas feiras;
j)     O altar da dona Guedes Manuela tinha audiências monstras.
Postas estas premissas, o povo conclui:
a)   Nenhuma empresa privada deste mundo deita fora a galinha dos ovos de ouro;
b)   A decisão de correr com a dona Guedes Manuela foi política;
c)   Se a dona Guedes Manuela era inimiga do senhor Pinto de Sousa, é evidente que correr com ela foi coisa feita a pedido, directo ou indirecto, do Senhor Pinto de Sousa;
d)   Se tal decisão foi, aparentemente, tomada fora de tempo, tal se deve ao facto de a dona Manuela ter dito que ia pôr no ar, naquele dia, novidades sobre o caso Freeport;
Portanto, nada há que não tenha explicação. Bem o sabe a malta.
O problema do senhor Pinto de Sousa é que o povo não é tão estúpido como ele o julga.
 
2
 
Há longos anos escovado da TVI, o falhado socialista Rangel acumulou despeito, inveja e ódio em quantidades industriais. Estas coisas, como é sabido, se não são exorcizadas, vão inchando nos peitos dos mais primitivos portugueses, a ponto de quase os fazer estoirar.
 Foi o que aconteceu ao Rangel, coitado. A felicidade começou a entrar no seu augusto peito quando o Moniz foi corrido. Mas a inveja do balúrdio que o homem recebeu aliada à frustração que o novo tacho com que foi contemplado provocou, fizeram voltar ao de cima, tumefactos, tristes e raivosos sentimentos tão longamente recalcados.
Aí, o Rangel começou a ranger. E soltou rangidos que pareciam uivos. Que a dona Guedes Manuela é uma besta, que foi muito bem corrida, que o marido é outro que tal, que tem vergonha da existência de tal gente, e por aí fora, numa catilinária digna da Ribeira ou do Bolhão.
Isolado no terreno, raivoso, invejoso, o Rangel lança uns uivos, a ver se ou os espanhóis ou o senhor Pinto de Sousa se lembram dele.
5.9.09
António Borges de Carvalho

2 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub