Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

CARTA AO DIRECTOR

 

Para conhecimento dos seus leitores, o IRRITADO transcreve, a seguir, a carta que o seu autor enviou hoje, via email, ao Exmº Director do Diário de Notícias:

 

  

 

Lisboa, 26 de Maio de 2010

 

Exmº Director

 

Queira V.Exª tomar nota (e publicar se assim o entender) do meu mais veemente protesto contra a forma absolutamente enganosa como é introduzido o Discurso do Trono na vossa primeira página de hoje. A saber:

 

RAINHA PEDE CORTES NO MEIO DO LUXO 

No primeiro discurso do trono de um governo de coligação em 58 anos, Isabel II afirmou que reduzir o défice é prioridade. Resta saber se a Casa Real, que custa 48,2 milhões aos britânicos, vai apertar o cinto. 

 

Trata-se de um mimo de ignorância, aldrabice e de primária malevolência.

A saber:

 

a) Não se trata de luxo, trata-se de tradição, aliás barata, porque não precisa de comissões especializadas nem de inovações nem de cenários especiais, como se passa com qualquer anúncio de obras, as mais das vezes fictícias, do nosso governo;

b) O facto de Isabel II representar os britânicos há 58 anos - com inultrapassável eficiência e superior dignidade - quer dizer, além do mais que, em relação a Portugal, já poupou pelo menos 14 eleições presidenciais, no valor aproximado de 500 milhões de euros;

c) Não é a Rainha que "pede cortes", a Rainha, como suprema representante do seu povo, legitima o governo proveniente da escolha popular e as prioridades que ela implica;

d) A Casa Real, proporcionalmente, pesa bem menos no orçamento que a nossa Presidência, mais o nosso Presidente, mais os presidentes que já foram presidentes e já não são presidentes, sem contar com o referido na alínea b supra;

e) A média das três maiores repúblicas europeias, em custos da presidência, é de cerca de 150 milhões;

f) A Casa Real britânica custa hoje menos de que há 4 anos, ou seja, aperta o cinto mesmo que o DN não acredite.

 

Senhor Director

Eu sei que o DN, sob a sua batuta e a do "amigo Oliveira", é, sem que o confesse, republicano e socialista. Que defenda a "situação" percebe-se. Mas não precisa, para tal, de recorrer à deselegância, à calúnia e à insinuação torpe em relação um país, que não sendo nem republicano nem socialista, é uma das mais perfeitas, ou menos imperfeitas democracias do mundo.

 

Com os melhores cumprimentos

 

António Borges de Carvalho

 

*

 

A ver vamos se a democracia do DN chega para publicar esta coisa.

ABC

7 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub