Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

JORNALISMO OLIVEIRENSE

 

Ontem, com indisfarçada satisfação, o jornal socialista Diário de Notícias noticiou, em gloriosa manchete, que o director e jornalistas do Sol tinham sido multados em 400.000 euros por causa das queixas apresentadas pelo Soares (o ex-PT).

Tudo mentira. O que se passou foi que o dito Soares pediu uma indemnização desse valor na petição inicial de uma acção que intentou contra o jornal.

Situacionismo oblige, a coisa foi lançada, ao que é legítimo pensar, no intuito meter o Sol em baias e convencer as pessoas que o poder judicial tinha reagido com a severidade e a rapidez que as  “justas” queixinhas do rapaz mereciam, passando este a ter razão. A "notícia" tinha, além disso, o evidente objectivo de atemorizar todos os que pensassem em escrever coisas desagradáveis para os soares e os pintos de sousa deste mundo.

 

Uma vez desmascarado, ao longo do dia de ontem, por variegadas gentes, o DN vem hoje desmentir-se a si próprio, sem o confessar, como é óbvio. O amigo Oliveira deve ter dado as suas ordens, no sentido de que a careca do director Marcelino não fosse descoberta via honesto desmentido.

É assim que a petição inicial da acção interposta, um chorrilho de insultos e parvoíces, aparece escarrapachada nas mesmas páginas que, na véspera, davam o assunto por resolvido na primeira instância. Jornalismo engagé.

  

De notar, a título de parêntesis, que o DN, no fundo, é fiel a si próprio. Desde os remotos tempos do Dr. Augusto de Castro, sempre foi um jornal situacionista. Foi-o sob a batuta comunista do Saramago e de outro tipo cujo nome em boa hora esqueci, foi-o depois, sempre do lado socialista, ainda que com assinalável pudor e seriedade, com Mário Mesquita e Betencourt Resendes, é-o, sem pudor nem seriedade, com o oliveiral Marcelino.

Aliás, ao parangonar com esfusiante alegria as “multas” “aplicadas” ao Sol, o marcelinismo oliveirocrático esquece-se de si próprio, quer dizer, acha natural que o Sol seja condenado por transcrever coisas de indiscutível interesse público que, tendo estado, já não estão em segredo de justiça, mas pensa que tal regra se não aplica ao DN quando transcreve correspondência privada, "obtida" em computadores de terceiros, com evidentíssimos - e eficazes! – intuitos de manipulação do eleitorado.

O que á válido para o Sol deixa de o ser, e por maioria de razão, para o DN? Sim, será a oliveiral resposta.

 

Para o IRRITADO trata-se de demonstração clara da “lisura” de processos utilizada por gente que, sem o confessar, outra coisa não faz senão política. Da suja. 

 

28.5.10

 

António Borges de Carvalho

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub