Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

DO NACIONALISMO SOCIAL-COMUNISTA

A extrema-esquerda, isto é, os partidos comunistas, PC+BE, vigorosamente acompanhados pelo camarada Manuel Alegre, estão com um ataque de nacionalismo primário.

É vê-los, aos berros, que a “Europa” quer fiscalizar as nossas contas, que se trata de uma insuportável perda de soberania, que a dona Ângela é uma ditadora, que é a má da fita, que cai a quatro patas em cima dos pobres portugueses, e mais isto e mais aquilo.

Quando se trata de demagogia, esquecem-se do internacionalismo da cartilha. Minto. É que o tal internacionalismo é o proletário. Como já não há proletários, ficam sem internacionalismo.

Como o que vendem aos adeptos é a bambochata dos “direitos sociais”, coisa que jamais foi minimamente respeitada nos países em que a doutrina desta gente vingou e só existe nos sistemas que esta gente odeia, isto é, nos sistemas capitalistas, acham, ou seja, dizem que acham que os nossos problemas se resolvem internamente, aumentando os salários para aumentar o consumo, aumentando os impostos a uma plêiade, que seleccionaram, de pagantes, baixando a idade da reforma, protegendo o aborto e os deficientes sexuais a fim de aumentar a natalidade (!), numa palavra, oferecendo ilusões aos crédulos e aos invejosos.

Agora querem que “a Europa” se responsabilize pelas asneiras do senhor Pinto de Sousa, e que o faça sem fazer contas. Querem que o “mercado” baixe os juros da dívida, que a Alemanha ponha à disposição do senhor Pinto de Sousa, sem olhar a números, as massas que a sua economia vai criando, que os “ricos” desembolsem para dar aos pobres - suprema aldrabice, já que, acabando com os ricos, acaba-se com o que resta de emprego enquanto os ricos vão, calmamente, criar mais riqueza noutras paragens. O que, aliás, já aconteceu!

É ver o Tavares (Rui) a insurgir-se contra os que acham que o camarada Alegre, na sua crassa ignorância, meteu a pata na poça ao revoltar-se contra o chamado “visto prévio” que “a Europa” vai impor. É ver os pêésses a meter os pés pelas mãos a este respeito, cada vez com mais dúvidas quanto ao juízo do fulano. É ver o camarada Jerónimo, seguido de perto pelo Louça, a gritar loas à “independência nacional” e a outros valores que, anos atrás, consideraria “fascistas”.

 

É certo que não se prevê que esta gente tenha hipótese de chegar ao poder. Mas tem a possibilidade de explorar a credulidade de muita gente. Não se esqueçam que Portugal é o único país da Europa onde esta gente se mantém com números importantes. Ou seja que Portugal, também nesta matéria, é o mais ignorante e o mais “nabo” dos povos europeus.

Por isso, as previsões podem sair furadas. Por isso, podemos ainda acabar por ficar atrás de outros, que não sendo europeus, já não acreditam em “amanhãs que cantam”, nem no “homem novo” nem na banha da cobra. Por isso que esta gente tem hipóteses. O senhor Pinto de Sousa não as tem? Como vêm, tudo é possível.

 

19.9.10

 

António Borges de Carvalho

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D