Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

EST MODUS IN REBUS

 

 

Como é sabido, o IRRITADO não é apreciador de presidentes da República em geral nem do doutor Cavaco Silva em particular.

O que não o impede de respeitar o cargo e de achar que ele deve ser exercido em condições da maior dignidade, seja quem for o seu titular.

Posto isto, há que dizer que, como em inúmeras outras ocasiões, o doutor Cavaco, quando veio para o meio da rua “explicar” as remunerações que aufere, perdeu uma magnífica ocasião de ficar calado.

Parece que não tem a noção da “altura” da sua posição nem sente a obrigação de a despir da sua circunstância pessoal. Fá-lo, aliás, todos os dias, quando usa o facebook para comunicar com a Nação. É que, se é lógico que, institucionalmente, a Presidência deva ter um sítio na internet, a agenda, as promulgações, etc., já não tem lógica nenhuma nem tem a ver com a dignidade do cargo que o Presidente se dedique a mandar bocas políticas em instrumentos populares.

Outra questão é a de saber se é algum escândalo o que o Presidente ganha.

Dizem as bocas correntes que o homem terá 10.000 euros brutos do BdP. Mais 1.300, líquidos, diz ele, da CGA. Mais 800 brutos, diz ele, da dona Maria. Como Presidente ganha zero. Feitas umas contas rápidas, concluir-se-á que o insigne casal leva para casa, por mês, limpos, menos de 8.000 euros. Que raio, onde está o escândalo?

O doutor Cavaco Silva é um septuagenário com vasto trabalho académico e alta carreira política, goste-se ou não (é o caso do IRRITADO) da personalidade. Tem boas condições de vida, mas não usa a borla do palácio, criadas, cozinheiros e toda a série de facilidades a que tem direito. Vive no seu modesto apartamento e paga as despesas do cidadão comum, acrescidas das que o cargo lhe impõe.

É evidente que o que o casal leva para casa é coisa invejável para a esmagadora maioria das pessoas. Mas as pessoas, todas menos ele, não são presidentes da República.

É evidente que o homem cometeu uma asneira monumental ao dizer o que disse, sem que ninguém lho tivesse perguntado. Mas também o é que a orquestra de “indignados” não tem sombra de razão, a não ser que a inveja e os baixos instintos dêem razão seja a quem for.

Uma nota final. Porque será que nenhum dos antigos presidentes viu esmiuçada na praça pública a sua vida e a sua economia pessoal? Quem sabe quais foram ou são os rendimentos dos drs. Soares e Sampaio? Quem sabe o que ganham? Quem foi ver quanto nos custaram e quanto ainda nos custam? Quem foi às finanças à procura do IRS destes senhores? A resposta é: ninguém.

Porquê? Arrisquemos um guess: porque Cavaco é o único presidente da III República que não sendo, pessoalmente, de direita, nunca foi eleito pela esquerda. Ora a esquerda, seja ela maçónica, jacobina, marxista, folclórica, acrescida dos medrosos e dos envergonhados, integra a generalidade dos jornalistas, dos fazedores de opinião, dos “indignados”, e dos que entendem a cidadania como uma hipótese de sacar aos outros o que os outros, legitimamente, têm, toda a esquerda protege os seus.

 

Haja quem diga a verdade. O doutor Cavaco, com o seu facebook, com as suas bocas idiotas, não honra o cargo para que foi eleito. Mas não é um escroque, não ganha nada de escandaloso, não vive a cavalo na sociedade.

 

O seu a seu dono.

Est modus in rebus.          

 

21.1.12

 

António Borges de Carvalho

6 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub