Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

DEFEITO OU FEITIO?

 

Anda para aí um clamor dos diabos acerca das candidaturas a juiz do Tribunal Constitucional apresentadas pelos partidos.

Duas delas puseram os cabelos em pé à nacional bem-pensância.

 

O primeiro argumento é o de que os partidos, com direito a tal, apresentaram nomes separados em vez de uma lista pré-cozinhada entre eles, como era hábito, tradição, praxe, uma data de belas coisas. Como se fosse diferente concertar uma lista, em vez de se não opor aos nomes queridos pelos outros! O comum dos cidadãos acha que é a mesma coisa. Estão concertados e acabou-se.

 

O segundo argumento diz respeito às personalidades apontadas, ou a duas delas.

A que foi avançada pelo PSD sofria do enorme defeito de não ser especialista em direito constitucional. Houvesse ou não razão da parte dos indignados, o candidato mandou-os à fava e retirou-se da liça. O PSD apresentou outro, e acabou-se a história.

Já o homem do PS é, indiscutivelmente, uma patada na poça de todo o tamanho. Apresentado como juiz, verificou-se que não tinha, sequer, direito a tal qualificativo (se calhar é tão juiz como o Pinto de Sousa era engenheiro). Apresentado como personalidade isenta, verificou-se que foi secretário de Estado, lugar onde não terá primado por demonstrar isenção ou categoria intelectual, para dizer o menos.

 

Resumindo, parece ter havido alguma falta de critério nas escolhas feitas. Mas só o PS, teimoso como um asno, mantém a sua. O que leva a concluir tratar-se de pecha da nobre agremiação. Não é o senhor Ricardo Rodrigues figura de proa do grupo parlamentar, vice-presidente ou lá o que é, presidente de comissões, porta-voz de vez em quando, etc.? Um fulano que, dizem as más-línguas, deixou uma data de rabos-de-palha lá pelos Açores e que, quando lhe fazem perguntas chatas, rouba os gravadores dos indiscretos?

 

Dir-se-á que todos os partidos têm nomeado fulanos que não merecem os lugares que ocuparam. É verdade. Só que as respectivas tropelias foram cometidas depois de ser nomeados, não antes.

O que leva a pensar que, no PS, estas trapalhices não são defeito acidental, mas irreparável feitio.  

 

Uma última observação, talvez um tanto lateral ao tema dos nomeados. É que a nacional bem-pensância descobriu também, numa espécie de inspiração - tipo descobrir a pólvora - que se estava a partidarizar o TC. Que diabo, três juizes, em treze!, eleitos pelo Parlamento, provindos de nomeação de três partidos diferentes, correspondem a alguma partidarização?

Se os bem-pensantes e os "correctos" fossem buscar a partidarização a outro lado talvez não perdessem tempo. Nem nós com eles.  

 

 22.4.12

 

António Borges de Carvalho

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D