Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

SENILIDADE UMA OVA

 

Muitas têm sido as interpretações dadas às espantosas opiniões desse irrefragável português que dá pelo nome de Soares (Mário).

As mais caridosas atribuem os pontapés opinativos do senhor à sua provecta idade. 

Convenhamos que não será fácil encontrar outra explicação. Como é possível que um homem que meteu cá o FMI duas vezes, venha vituperar a mesma gente, ainda por cima chamada pelo seu partido? Como é possível que o único governante europeu dos últimos cinquenta anos a lançar impostos retroactivos, aumentando os demais e desvalorizando os salários como jamais aconteceu, tudo em nome da saúde das contas públicas, se entretenha a dizer as mais repenicadas enormidades contra aqueles que, metidos pelo seu partido num imbróglio pior que os dele, em matéria de austeridade nem os calcanhares lhe roçam?

 

O notável cidadão não faz a coisa por menos: apela à “insubordinação popular contra as imposições da troica”, cujos funcionários, “uns tecnocratas que ganham rios de dinheiro”, transformam o país em “protectorado”.

A diferença entre Soares (Mário) e os tecnocratas deve ser que ele, coitado, como é sabido, passa a vida a apertar o cinto enquanto eles se repoltreiam em “rios de dinheiro”. E, em relação ao governo, a diferença é que, no tempo dele, não senhor, estava cá o FMI, o escudo passava a valer metade, o nosso cinto apertava-se como nunca, mas não se tratava, não senhor, de um “protectorado”.


Tal como aconteceu com a senhora que o fez perder, miseravelmente, as eleições para a presidência do Parlamento Europeu e que ele, grande defensor dos direitos da mulher, se apressou a classificar de “dona de casa”, vem agora clamar que está na hora de a dona Ângela “voltar para a Alemanha de Leste e se fazer esquecer”.

 

Compondo o seu colorido ramalhete, o nosso geronte de estimação afirmou – grande malha! – que terá “muito prazer” em apoiar o Carvalho da Silva, isto é, o PC, se aquele se candidatar à presidência da República!

É claro que o Carvalho da Silva, contentíssimo, aproveitou para lançar mais uma louca e despudorada diatribe contra tudo o que não seja a cassete do PC, com  apelos à democracia "social" e coisas do estilo.

Para o IRRITADO, ouvir um comunista a defender a democracia é o mesmo que ouvir uma ratazana a cantar o Rigolleto.

Pelos vistos, o Soares (Mário) está, outra vez, com as ratazanas. E não me venham cá dizer que é por estar velhinho.    

 

21.6.12

 

António Borges de Carvalho

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub