Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

PRESSÕES E CONSTITUIÇÕES


A pressão é uma coisa chata. Pode ser boa ou má. Por exemplo, a pressão atmosférica pode trazer bom e mau tempo. A pressão arterial (conhecida entre nós por tensão, sabe-se lá porquê) ainda é pior alta ou baixa, tende sempre a fazer mal ao corpinho da gente.

Vem a pressão a propósito, como será de calcular, das “pressões” sobre o Tribunal Constitucional, perpetradas por esse herói/bandido que é o nosso Primeiro Ministro.

Trata-se de “pressões políticas”, como afirma a alcateia. Então, e a decisão do TC, seja ele qual for, não é uma decisão política?

Se escarafuncharmos um pouco a Constituição, lá encontratremos maneira de achar que todo este orçamento é constitucionalmente legítimo. Se escarafuncharmos menos, haverá uma ou outra coisa que não passa. Se não escarafuncharmos nada, isto é, se tomarmos à letra tudo o que é contra o governo, sem tomar à letra tudo o que o poderia safar, então é um chumbo generalizado. De qualquer forma, o TC está politicamente numa camisa de onze varas: se decide a favor do governo, a alcateia uivará de fúria, se decide semi-contra, a alcateia uivará na mesma, e, se decide contra, a alcateia dará pulos de alegria e não se sabe o que acontecerá ao governo.

Ora a Constituição, se interpretada à letra mais curta, tenderá a acabar com o governo. Porquê? Porque a Constitução é contra a política deste governo, como é contra a política da União Europeia, como será contra todas as políticas que não sejam o cumprimento do programa político de esquerda nela ínsito. A Constituição com que o PREC e o desvario político-militar nos presentearam é uma Constituição programática. Nela, a democracia acaba quando o governo não é socialista ou coisa que o valha.

Escusado será dizer que, se tivermos uma noção simples do que é uma constituição democrática, teremos que concordar que ela, se quiser defendar a democracia, impõe um sistema de determinação da legitimidade dos poderes, a sua separação, a rule of law, e pouco mais. O que não é, nem de longe,o caso da nossa.

Independentemente da opinião de cada um sobre o orçamento, a verdade é que as decisões do TC pouco ou nada terão de jurídico. Terão tudo de político. Sejam quais forem, fundamentar-se-ão em especiosa argumentação juridico-constitucional. Mas não serão, por isso, decisões jurídicas.

O governo pode ser bom ou mau, segundo a opinião de cada um. A Constitução, essa, é má de certeza absoluta. Os que a defendem, fazem-no por oportunismo político, por ideologia rançosa ou por ignorância induzida por defensores de uma coisa a que chamam democracia mas que.

 

1.4.13

 

António Borges de Carvalho

4 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D