Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

BURACAIS NOTÍCIAS

 

A inigualável Câmara de Lisboa anunciou que vai investir, ou gastar, na tapagem de buracos e asfaltagem de ruas, a módica quantia de sete milhões de euros. Muito bem. A vergonha que sente e os riscos que corre quem anda a pé, de carro ou de transporte público na Rua do Ouro ou nos Restauradores,  dois dos milhares de exemplos que se pode ir buscar a esta  cidade mártir das ruas esburacadas e dos passeios esventrados, justificam que nos alegremos com a notícia.

Antes de mais, espera-se que seja notícia, isto é, que não seja propaganda como, há anos e anos, tem sido a história da reconstrução das piscinas do Campo Grande e da Avenida de Roma, coisa “urgente” que nunca passou de enormes cartazes, os quais acabaram, eles próprios, por ser destruídos pelo passar dos anos.

Estamos perto das eleições, o que talvez explique alguma coisa. Antes das últimas, também deu à CML uma vontade fantástica de asfaltar. É claro que se tratou de uma aldrabice como tantas outras. As ruas não foram asfaltadas, foram cobertas por uma camada de alcatrão com gravilha, sem preparação nem cuidado. Aqui, à porta do IRRITADO, a tal camada, mesmo fina, foi o bastante para pôr o passeio ao nível do asfalto e para acabar com sargetas e e valetas, quer dizer, com toda e qualquer drenagem. Nas ruas vizinhas passou-se o mesmo, o que leva a crer que a porcaria foi geral.

Como declaração de interesses, diga-se que o IRRITADO, até certo ponto, gostou destas incríveis obras. É que, como as sargetas deixaram de existir mas a rua é a descer, a água da chuva vai desaguar mais longe, sabe-se lá onde. Ora isto tem colossais vantagens. É que, sempre que havia chuvas intensas e os colectores de águas pluviais já não aguentavam, a nossa bem amada Câmara tinha o caridoso hábito de ligar as águas pluviais aos colectores da caca, o que fazia regurgitar toneladas de cagalhões em todas as caves cá do sítio. Com as sargetas entupidas, mesmo num ano em que tem chovido como o raio, não aconteceram tais invasões.

Sejamos optimistas. Pode ser que, para estas eleiçõees, a CML volte a entupir tudo e mais alguma coisa, a fim de libertar as caves de cada um das merdólicas influências camarárias.

Já agora, um apelo ao camarada Costa: veja lá se arranja uns milhões para acabar com a maldita calçada portuguesa que, de tão maltratada, é causa de inúmeros pés torcidos, quedas de jovens e velhinhos, pernas partidas, desordens à pedrada, infiltrações nos prédios e outros efeitos menos desejáveis.

É claro que a asfaltagem dos passeios, como dirão os seus camaradas Fernandes e Helena, provocará essa coisa horrível que é a “impermeabilização dos solos”. A este respeito, fará o camarada o favor de ir a Paris ou Londres, por exemplo, observar o que é a tal impermeabilização e como se faz a drenagem das águas pluviais.


Com os cumprimentos do IRRRITADO.

 

10.4.13

     

António Borges de Carvalho

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D