Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

GABA-TE CESTO!

 
Sua Excelência o Primeiro Ministro que temos resolveu transformar a mensagem de Natal, bem dispensável tratando-se de quem se trata, numa fantasmagórica lista de gabarolices. Dir-se-ia que, havendo de que se gabar, nada de escandaloso haveria na primo-ministerial verborreia. Para lá da imodéstia e da demagogia, claro.
O pior é que, como de costume, o homem não disse a verdade.
A ver:
- Há mais alunos no secundário. Dizem os jornais que nenhum organismo oficial foi capaz de confirmar esta “verdade”.
- Há mais 17% de alunos no superior. Como ninguém sabe quantos entraram no privado, ninguém sabe quantos alunos entraram no superior. E como, no ensino público, entraram mais 10%, mesmo que todos os finalistas tivessem chumbado em 2006/2007, não se poderia, sequer, dizer que havia mais 17%, quanto mais que entraram mais 17%!
- 360.000 portugueses inscreveram-se nas “Novas Oportunidades”. Isto nada diz quanto ao número de portugueses que fizeram tais estudos. O que se sabe, a título de exemplo, é que vão ser atribuídos diplomas do secundário a 100 destes portugueses, quando o número previsto pelo governo era de 50.000!!!
- A economia criou 106.000 novos empregos. O INE diz que, desde a entrada em funções do primeiro-ministro que temos, há mais 32.000 desempregados em Portugal.
- As grávidas passaram a ter apoio pré-natal. É verdade!!! Um pequeno mas: das 90.000 famílias anunciadas pelo governo, o apoio é dado a 33.000.
Depois… depois o primeiro-ministro que temos esqueceu-se de dizer, por exemplo, que durante o seu governo, nos indices de bem estar e poder de compra, Portugal ultrapassou pela negativa países como a Grécia, Malta, Chipre, Chéquia ou Eslovénia. Um pequeno quão brilhante pormenor. Esqueceu-se de dizer que, durante o seu governo, a perda de poder de compra se tem acentuado todos os dias, que os portugueses em geral e os reformados em particular foram causticados com mais e mais altos impostos, que fecharam n instalações de saúde, que os pensionistas do estado passaram a pagar à ADSE sobre o 13º e o 14º meses, que pagamos mais IVA que os espanhóis, que os géneros alimentícios e outros bens essencias são, absoluta ou relativamente, mais caros que em qualquer outro país europeu, que e que e que…
Esqueceu-se de dizer o que toda a gente sabe: que, por obra e graça do seu governo, se assiste à progessiva poletarização da classe média-baixa, que o fosso entre ricos e pobres conhece uma nunca vista profundidade, que a Justiça funciona cada vez pior, que a segurança conhece dias negros e que, e que e que…
Esqueceu-se o primeiro-ministro que temos de dizer que, no sector privado, os salários vão subir entre 1,7 e 2,4% (mais os do salário mínimo, que sobem 5,4%), que, no sector público, os salários vão subir entre 0,0 e 2,4%. E que, vejam bem, os transportes vão aumentar 3,9%, as portagens 2,6%, a TVCabo 2,2%, o gás de garrafa e canalizado de 4,3 a 5,2%, o gás liquefeito 4,7%, o gás natural de 1,2 a 5,6%, o pão 30%, a cerveja 9%, a electricidade 2,9%, os bens alimentares 5 a 10% e o tabaco 10%!!!
 
Tal é a “obra social” do socialismo! Tais são os feitos de que o primeiro-ministro que temos se devia gabar, pintando a cara de preto e emigrando para Caracas, onde o camarada Chávez o receberia com todas as honras!
 
António Borges de Carvalho

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D