Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

A GRANDE PALHAÇADA

 

O “Manifesto” do Centeno, em forma de encomendada entrevista, aí está, cheio de novas políticas de “contenção” e de “bom senso”, cheia de limites às patranhas dos sócios do PC  e do BE. Facto é que tem enchido páginas e páginas, a ponto de, mero exemplo, haver quem tenha a lata de escrever que se trata de “uma suprema manifestação de inteligência” (Manuel Carvalho, in “Público”).

O mesmo género de destaque merece nos media a gritaria das Catarinas e dos Jerónimos. O PS virou à direita, os tipos não querem cumprir os compromissos, o Centeno é um escravo de Bruxelas... As esquerdoidas e o careca, indignados, entraram em frenéticas declarações de indignação. Os bolchevistas mais encartados, esses, não param com “portantos”, portanto “os trabalhadores e o povo” deixaram de contar com o PS, a esquerda patriótica foi enganada, e mais o que consta do vademecum e da pen do comité central.

O PS adora a situação. O PC e o PE podem dizer o que lhes vier à cabeça. Não largam a geringoça nem à mão de Deus Padre. Os PC’s querem barulho porque nunca quiseram outra coisa, mas deixam-se estar porque não têm outra solução. Os BE’s dizem coisas da boca para fora mas estão filados no objectivo que os galambas & Cª prometeram, um ministériozinho, uma secretariazinha de Estado, um futuro com poder institucional reforçado.

O PS exulta. Mandou o aldrabão-mor Centeno dizer umas patacoadas para dar a entender que põe os sócios nos varais. À última da hora, como sempre, fará umas concessões, dará uns rebuçadinhos, a fim de lhes permitir que tenham alguma coisa de que se gabar, para se lamber em frente do eleitorado.

Tudo não passa de palhaçada, coisa bem combinada, “grande manifestação de inteligência” geringoncial. A propaganda levada ao extremo.

Desiluda-se quem tenha ficado com a impressão de que a geringonça treme. Não treme, está de pedra e cal, como a palhaçada demonstra.

Palhaços somos nós, se acreditarmos que há alguma verdade no meio disto tudo. Afinal, que maior triunfo da geringonça se não o de nos transformar a todos em palhaços?

 

Nota final, a parafrasear Pessoa:  

E pior que isto é o Rui Rio,

Que nada percebe do que passa

E consta que até perdeu o pio.

 

12.4.18

4 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D