Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

AI MANUELA!

 

Dona Manuela, sempre atenta ao que se passa, resolveu mudar de agulha. Como já não se justifica perseguir Passos Coelho, resolveu dar umas bicadas à geringonça, correndo o risco de desagradar a Rui Rio, nóvel protector e e quase sócio de tal e tão distinta agreminação. Não, não pegou no César pelos cabelos por causa das viagens a dobrar. Não pegou no Pinho, perdão, professor Pinho por obra e graça dos electricistas. Não pegou nas patranhas do Centeno, grado figurão “europeu”.  Nem noutros altos responsáveis merecedores das mais acerbas críticas.

Escolheu, escolheu, e decidiu, na sua coluna privativa do “Expresso”, atirar-se à chamada ministra da justiça. Fundamento? O do peregrino assunto do mapa judciário.

Toda a gente sabe que é tarefa primordial dos membros da geringonça, sob pena de demissão ou de lavar algum pontapé pela escada acima, dar cabo de tudo e mais alguma coisa que o governo legítimo tenha feito. Toda a gente sabe que, no cumprimento dessa nobre missão, a tal ministra há muito começou a actuar, destruindo o que tem à mão, custe o que custar e a quem custar, “revertendo” em vez de reformar. Dona Manuela só agora deu por isso. E, mui sabedora, trata de criticar a outra por “desfazer” em vez de “fazer”. De acordo. Só é pena que a hebdomadária escritora tenha levado mais de dois anos para perceber os “desfazeres” da geringoça e dos seus agentes.

Acorda tarde, e mal. Mas, como é preciso encher a coluna dos Sábados sem bater demais e, ao mesmo tempo, dar um arzinho de “independência”, arranjou esta de se pôr a chover no molhado.

 

21.4.18

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D