Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

CHINESICES

Não sei se a ribombante visita do imperador da China a este jardim foi, em termos de longo prazo, coisa boa ou coisa má. Para já, muita parra e pouca uva. Uns memorandos, uns contratinhos, e disse. Um mijarete.

Tudo o que aí vem, se chegar a vir, está para acontecer. A partir de agora a nacional burocracia tratará do assunto com a habitual eficácia. Para já, fogo de vista. Quanto à entrada dos chineses na produção, à alteração profunda das relações económicas, só blabla, e só blabla do lado de cá. A tal respeito, o imperador nada disse. Moita carrasco. De concreto e de valia, parece que só ficou o apetite dos chineses por uma boa fatia do porto de Sines.

Há quem diga que é um futuro radioso o que aí vem, há quem defenda que vai ser uma desgraça, uma submissão, o fim da soberania nacional, o diabo a quatro.

Também há os que tremem, na “Europa”. Estão muito preocupados com esta abertura do importantíssimo Portugal à investida do império do meio. Esquecem que os chineses já meteram, por essa Europa fora, muito mais milhões que por cá. Enfim, a ver vamos, como diz o cego, ou vamos lá a ver, como diz o Costa.

As relações sino-lusas, com mais de quinhentos anos, foram muito gabadas. A única excepção à xenofobia da dinastia quando entregou Macau aos portugueses foi aniquilada quando Mário Soares declarou que Macau era território chinês sem que chinês nenhum o tivesse sugerido. Os chineses não têm por hábito contradizer-se e são muito respeitadores dos seus compromissos. Até o camarada Mao, salvo erro em 1966, declarou que não havia qualquer problema com a nossa presença no local. Mas as coisas são como são, deram-lhes a mão, eles aproveitaram. Adiante.

 

Como posição a referir  da parte do nosso governo, fora da pompa dos dias, temos a notabilíssima declaração de uma senhora do governo cujo nome não me ocorre. Assim: “Por favor, usem-nos, como porta de entrada, como cobaias, para testarem (sic) a forma de entrarem (sic) na Europa”.

 

Não me apetece nada ser cobaia. Vão testar a senhora secretária de Estado.

 

6.12.18

 

ET. Não acabava, quando uma figura se nos mostra no ar, robusta e válida, de enorme e grandíssima estatura: Luís de Camões, Lusíadas, episódio do Adamastor.

Desta vez, a "figura" foi o Bloco de Esquerda. Altaneiro, a boca negra, os dentes amarelos, atacou. Gente que não respeita os direitos humanos, rua! A não ser que se trate do Maduro, do Fidel, ou do KIM. Viva o socialismo especializado do BE!

O imperador borrou-se de medo, como a Merkel quando o Pedro N Santos disse que a ia pôr de joelhos.

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D