Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

DAS ENCOMENDAS DO RATO

 

Dona F. Câncio – talvez a mais desagradável das portuguesas – acordou. Depois de anos e anos de sono profundo, acordou. Veio declarar que o seu antigo mais-que-tudo, um tal Sócrates, é um “fingido”, um fabricante de “teias de enganos”, um tipo que “mentiu, mentiu e tornou a mentir”. Um fulano que “abusou da boa fé” de terceiros, que “nunca fez acto de contrição pelo engano e mentira”, que é senhor de uma “absoluta ausência de respeito pela verdade”, uma criatura que exibe uma atitude de “total deslealdade e falta de verdade”. Etc., etc..

Lidas as opiniões da senhora em causa, ficaria a impressão de que tinha “caído em si”. Mentira. O artigo que publicou ou é uma encomenda do PS, ou uma maneira de deixar uma porta aberta no largo dos ratos. Por mim, escolho primeira hipótese. Sócrates, segundo ela, não enganou a Nação, as pessoas, o país. Sócrates enganou, sim, a plêiade de homens sérios que constituem o Partido Socialista. Tais homens, coitados, foram engromilados pelas mentiras de Sócrates, nunca deram por mentira nenhuma, jamais suspeitaram fosse do que fosse, passaram dez anos a desmentir o que dele se dizia nalguns jornais. Coitados. O partido, esse, foi enganado como instituição. Sem dar por isso, tal era a boa fé, a honestidade, o amor à coisa pública que o informavam. O PS e os seus ilustríssimos membros estão fora e acima de qualquer suspeita. Apararam tudo, de nada tiveram conhecimento, quanto mais culpas. O partido e os seus mais altos dirigentes, sobretudo os empregados da geringonça, ficam acima de qualquer crítica. Menos não se poderia dizer dos donos da moral republicana, dos patrões do regime, dos heróis da democracia.

Foi o que a dona Fernanda veio dizer no seu artigo de ontem. Pois, o Sócrates era um aldrabão, mas o partido é de uma inocência cristalina. Como ela, pobre senhora, foi enganado vezes sem conta, e só deu por isso depois de dez anos de mentiras e trambiqueirices. Um escol, uma elite, um rebanho de doces ovelhinhas. Dona Câncio dixit.

Encomenda do escol? Nem pensar. Foi ela que, no seguimento da mais desavergonhada vergonha da nossa História, das declarações dos Césares (o das ajudas às viagens) e quejandos, resolveu salvá-los da conspiração de que estão a ser alvos. Honra lhe seja.

 

9.5.18    

4 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D