Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

DONA GOMES

 

Quando as pessoas morrem, é costume, ou não dizer coisa nenhuma, ou, humanitariamente, lamentar o facto de alguma maneira. Tratando-se, como é o meu caso, de um total desconhecido como o senhor Sindica, o mais que se pode dizer é que é triste morrer aos quarenta e tal anos. E pronto, é o que diz o IRRITADO.

Mas há quem diga mais, os amigos, a família e outros, naturalmente. E, também naturalmente, a dona Gomes. Disse ela, dando largas à sua mentalidade conspiratória, pidesca e ilegítima, esta simples frase: “estranho, muito estranho”. Aqui temos mais uma demonstração da verdadeira natureza e dos altos sentimentos da indivídua que quer ser presidente da República em Portugal. Coitada, sem mais nem menos, perdeu um dos seus bombos de festa. É natural que ache estranho. Deve ser para se preparar para mais um ataque qualquer, desta vez ao cadáver do fulano.

Não faço a menor ideia do que o Sindica fez ou deixou de fazer antes de morrer. Mas o facto de ser perseguido pela dona Gomes só abona em seu favor. Por outro lado, sei que foi roubado por um tal Pinto, gatuno de alto coturno que está a ser julgado em Portugal e que merece, da dona Gomes, o estatuto de herói.

O raio da mulher persegue, calunia, aldraba, sempre impune e orgulhosa do que faz. Levou para assar, em todas as instâncias, por exemplo no caso do diplomata europeu que acusou das maiores trafulhices, totalmente inventadas. Que se saiba, não pediu desculpa. Que se preveja, jamais pedirá.

É o que temos (mas não só) para credibilizar, em particular, as eleições presidenciais e, em geral, a República.

 

29.10.20

4 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D