Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

DOS CRIMES DA GERINGONÇA

 

Já aqui fiz eco das notícias da nova lei das malucas do BE, gentilmente apoiadas pelo PS e pelo PC, sobre o “acolhimento” de estrangeiros. É bom lembrar que Passos Coelho foi acusado de xenófobo e racista por se ter oposto a tal trampa.

Estava o IRRITADO longe de imaginar até que ponto seriam rápidas as consequências da loucura esquerdista em que vegetamos. A própria imprensa, habitualmente palco de geringoncial servilismo, dá conta da situação.

“Estado já legaliza cadastrados por razões humanitárias”. E não são uns cadastrados quaisquer: são assassinos e outros condenados por crimes violentos, traficantes de droga, etc., os quais, desde a entrada em vigor das novas normas já vão em cerca de duas dúzias. Por razões “humanitárias”: para eles, claro, não para os portugueses. Não sei o que chamar a isto, por falta de adjectivos que reflitam com propriedade o monstro legislativo parido pela ideologia triunfante.

Entretanto, as “cartas de intenção” estão aproduzir os seus efeitos. Desde a entrada em vigor da celerada lei (há um mês) já são mais de 12.000 os pedidos de visto com base na intenção (manifestada por quem, como, com que credibilidade?) de, eventualmente, lhes vir a arranjar emprego. Uma súbita fartura de cartas de intenção de “generosas”, aldrabonas ou aldrabadas criatutas. Falsificações ao pontapé. Só numa semana (11 a 18 de Setembro) foram 4.000!

Em todos os palcos à disposição (incêndios, Tancos, etc.) vem a geringonça tomando conta da destruição da nossa segurança e, no caso, da da Europa.

Se houvesse justiça, ou segurança, ou Estado democrático, os criminosos estrangeiros seriam expulsos. Com eles bem se podia expulsar a geringonça. Menos criminosa não é: se aqueles foram violentos contra outros indivíduos, as vítimas da geringonça somos todos nós.  

 

11.10.17

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub