Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

ESTÁ BEM ALBERTO...

... tu é que estás certo!

Assim diz quem não pode deixar de “comer” a vontade de terceiros. Faz isto pensar a quem ouve o fantástido ministro dito das Infraestruturas, sem que ninguém lho pergunte, declarar, peremptório, imponente e pomposo, que quem manda aqui é ele. Ela é que está certo. Venha quem vier, a sua vontade é soberana. É o nosso Alberto, que se chama Santos, Pedro Nuno, barbaças de voz tonituante e postura de Adamastor, conhecido pelas suas diatribes e ameças contra a Alemanha. Sim, ele, Pedro Nuno, havia de pôr a Ângela e o Schäuble de joelhos, a pedir batatinhas à geringonça. A sua inegável tendência para a esquerda caviar levou-o, por um lado, a pactuar com afinco com as esquerdoidas e para, coerentemente, exercitar o refinado gosto andando de Porsche, coisa que, depois de ouvir uns rumores, substituiu por um Maserati. Presume-se que, agora, dada a recente fé ecoclimática da geringonça II, passe, mui modestamente, a andar de Tesla.

Posto isto, há que olhar para a sessão de propaganda, bem orquestrada, com Costa à janela de uma velha glória da CP, uma caranguejola pintadinha de fresco e rodeada de pacóvios, jornalistas e televisões, a comemorar a pintura. Grande sessão! Faz lembrar o seu antecessor, qua anunciava mundos e fundos, mas nunca fez nada. Pedro Nuno mete-o num chinelo, pinta de fresco uma  carruagem decrépita, e diz que vai haver comboios aos pontapés.

Para que a propaganda não beneficie só o seu eventual sucessor, o parlapatoso Costa inventa uma fábrica de comboios que fará inveja ao mundo das grande multinacionais da ferrovia. Sim, punhamos em realizável sonho uma grande contribuição lusa para o progresso ferroviário!

Os ignaros, assombrados, acham que sim, aplaudem, cheios de justificado orgulho. Eles mandam, que bom! E até prevêm que os chineses, os alemães e os americanos passem a vir a Portugal comprar TGV’s, mercê das linhas de crédito com que a geringonça II, caridosa, lhes concederá.

 

Se aparecesse por aí um novo Orwel, ou se a Atwood soubesse disto, teríamos, a propósito, mais uns aterradores escritos futuristas.

 

16.1.20

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D