Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

HOMENAGEM AO TRAULITEIRISMO

 

Conta-se, com foros de verdade, que, há já uns trinta anos, um deputado do CDS saíu, altas horas, de São Bento, meteu-se no carro e, talvez vítima do sono, capotou na Praça de Espanha. Rodas ao ar, o homem desmaiou. Atrás, viajava o feroz casal comunista Carlos Brito/Zita Seabra que, ao ver o acontecido, se precipitou para ajudar. O nosso homem, ao acordar do desmaio, deu de caras com o par de bolchevistas. Xiça, morri e já estou no inferno!, terá dito, com notável espírito.

 

É a sensação que tem hoje o IRRITADO ao ver o “escol” que rodeou a notável figura do senhor Soares na luzida cerimónia em que lhe foi entregue uma coisa pelos estrangeiros que actuam em Portugal à caça de manchetes. Se não estamos no inferno, pouco falta. Desta feita, a maralha da estranja agradece as “bocas” do fulano ante o olhar embevecido de inúmeras personalidades da nacional inteligentsia, ao nível do Pinto de Sousa ou do Vasco Lourenço.

Soares, como é do conhecimento geral, nunca foi grande espingarda. Tempos houve em que foi importante, mas hoje é de pensar se o que o movia era o interesse geral ou a glória pessoal. É que as demonstrações de mau carácter foram tantas e tão sinuosas, a velhice tem-nas agravado de tal forma, o homem é de tal maneira ultramontano e trauliteiro, que não se sabe por alma de quem é possível atribuir-lhe – a não ser pela negativa – o título de “personalidade do ano”, ou coisa que o valha. Se fosse personalidade de 1975, vá. Mas, de 2013, não cabe na cabeça de ninguém no seu perfeito juízo.

É possível que, dada a nossa natureza “periférica”, os media  estrangeiros escolham uns tipos de segunda para os representar. Mesmo assim, é difícil comer esta.

Voltando ao princípio destas linhas, para justificar a infernal sessão de homenagem outro critério não resta senão o que, mais uma vez, demonstra o que é a generalidade da imprensa: bons são os que traulitam o suficiente para que sirvam de mote a parangonas, não os que vão dizendo umas verdades ou umas opiniões mais ou menos lógicas.

 

13.3.14

 

António Borges de Carvalho

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub