Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

JOÃO MIGUEL TAVARES



Cá em casa, distingue-se as edições do jornal do PS & Cª, chamado “Público”, desta forma, mais ou menos primária: “hoje é dia do Tavares bom” ou “hoje é dia do Tavares mau”, sendo que, como devem calcular, o “bom” é o João Miguel Tavares, e o “mau” o Tavares  do “Livre”.
Pois bem, em quase histérica defesa do seu “liberalismo social”, o “Tavares bom” espraia-se hoje em considerações sobre o referendo irlandês.  Porque é a favor do casamento gay? Não, isso va sans dire. Porque acha que é uma vitória dos “direitos humanos”? Não, pela mesma razão. Porque é um “avanço”. Não.
Então porquê? Porque acha que, na nossa vida pública faltam gays, ou tipos a dizer que o são. Vistas bem as coisas, devia, como para as mulheres, haver quotas para os ditos. Cada governo, cada partido, cada parlamento, cada câmara municipal, devia ter um mínimo de gays confessos, assumidos e, de preferência, casados uns com os outros. O mesmo, é de pensar, com as fufas, personalidades a que o autor não se refere.
O homem não diz isto, ou não se expressa assim, mas é a conclusão lógica do seu esclarecido pensamento. O que o revolta, expressamente, é que possa haver, ou haja, membros do governo, parlamentares ou autarcas que, sendo gays, não venham “assumir” as suas tendências ou práticas sexuais, transparentemente, perante o respeitável público. Ou seja, em matéria de “direitos humanos” devia, na sua opinião, haver, para além das declarações de rendimentos e mais não sei de quê, declarações fidelidade gay. Por este andar, os políticos deviam ser obrigados a decalarar se são do Benfica ou do Carcavelinhos e, mais importante ainda, se gostam mais de carapaus ou de sardinhas, se lêm livros de quadradinhos, se vêm programas “ousados” ou se vão a concertos da Gulbenkian.

A reserva da vida pessoal de cada um é coisa que, segundo o mesmo comentador, é, ou devia ser, letra morta.


Em conclusão, no melhor pano cai a nódoa.

28.5.15

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2007
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2006
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub