Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

NOVIDADES DA ESQUERDA

Um jovem estalinista foi eleito - esmagadora maioria - presidente da chamada Juventude Socialista. O big chief Costa congratulou-se, pujante de felicidade. Ao invés, um socialista desalinhado, inteligente e culto (caso raríssimo), de seu nome Sérgio Sousa Pinto, deu por ter sido saneado pelo nóvel presidente, e não esteve com meias medidas: excluído, com Seguro, da lista dos ex-presidentes da organização, sentiu a afronta. Disse ele: Com Estaline, as figuras incómodas à situação do momento iam sendo a apagadas das fotografias. A eleição de um estalinista é a pior desgraça que podia acontecer a uma organização como a JS. Deste humilde púlpito, o IRRITADO congratula-se por haver um socialista – um! – que mantém alguma dignidade democrática.

*

A dona Gomes, se calhar para conquistar o voto do Medina, veio reclamar contra o facto de o Chega ter sido legalizado, “porque está contra a Constituição”. Donde se conclui que tal coisa é irreformável e que, se a dona Gomes mandasse, os que quisessem revê-la deviam ser, pelo menos,  banidos. Mais uma estalinista nas hostes. À atenção do Sousa Pinto.

A dona Marisa veio descansar a esquerda, tanto a comunista como a “democrática”: quando ela, Marisa, for Presidente da República, não dará posse a um governo apoiado pelo Ventura. Consta que, com a dona Gomes, depois das eleições, abre uma loja de fruta, sorvada mas ”biológica”.

*

O Camarada Cabrita, inflorescência papuda do socialismo-nacional, viu-se ao espelho. Gostou. Depois, veio, de forma esmagadora, contar o que viu: nada menos que o mais heróico ministro de que há memória. Curvemo-nos perante a verdadeira modéstia, o sentido de (mau) estado, a eficácia, o respeito pelos defuntos, a competência e a sabedoria que a si próprio, com inteira justiça, atribui. Faz lembrar essoutra gigantesca figura da nossa era: Costa, o magnífico.

*

Ao contrário da generalidade dos presidentes de países europeus, os nossos põem um microfone à disposição de quem recebem, o que permite aos contemplados dizer o que lhes apetece. O chefe da polícia aproveitou a ocasião para dar largas aos seus conhecimentos políticos, solicitando mais umas competências e mais uns meios (leia-se, uns dinheiros). Não fez mais nem menos que os outros. O Cabrita encabritou-se, ou seja, deu à casca, o que só contribui para o seu indiscutível prestígio.

*

Tudo como dantes, ou seja, de há quase cinco anos a esta parte.

 

14.12.20

1 comentário

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub