Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

O ELENCO

 

A peça foi bem ensaiada. Os artistas interiorizaram os seus papéis de forma cuidada. A espaços, os maus são bons e os bons são maus, sempre com as devidas expressões, ora de indignação, acusação, ataque, ora de ternurenta empatia e de declarações do mais profundo entendimento.

Há-os que fazem agressivas diatribes, logo seguidas de elogios, há os guerreiros, os falcões, há as pombas, as rolinhas da paz. Às vezes são os mesmos, os que se queixam, os que se gabam, os que desprezam, os que amam.

O objectivo é exorcismar, esconjurar, diabolizar os inimigos, gente que não faz parte da peça, que não respeita a nova moral, que não gosta da encenação nem do ensaiador ou do dramaturgo. Gente a que não faz parte do elenco, que fala mas não é suposto ser ouvida pela assistência.

Essa, é para convencer e calar. Que fique ciente, o elenco funciona, tem razão, ciência certa, palavra final. A sua missão é entreter, fingir quesílias, deixar acordos em entrelinhas bem estudadas.

Segundo o elenco, sob a sua direcção todos os problemas estão resolvidos, as suas résteas são as herdadas da peça que foi corrida da cena. O elenco é o Estado, tudo abarca, tudo domina, tudo prevê, o dramaturgo é o chefe, quem não gostar não conta. As pessoas são meros assistentes da exibição, mero pormenor descartável. Importante é a grande organização da trupe, a que domina os espectadores, os doentes como os saudáveis, os pobres como os ricos, todos destinados à irrelevância, à insignificância, a ficar de fora. Não não fazem parte do elenco, destinam-se a ouvir, ouvir e calar, as regras estão estabelecidas, são inultrapassáveis, lei.    

Não importa o que façam. O futuro está garantido, o grande contrato estabelecido, o grande chefe nomeado, aceite e admirado, os acólitos servem para dar algum dramatismo à fábula, para entreter o público, para assegurar a distracção. Lá estarão, na hora da verdade, para dar força ao chefe.

Os espectadores, esses, vão pagar mais bilhetes. E a peça continuará em cena.

 

25.9.19

5 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub