Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

O SILÊNCIO DOS INOCENTES

 

Passando os olhos pela memória, lembro que pelo menos uma boa meia dúzia de socialistas, hoje no governo, foram membros dos governos do seu bem-amado Pinto de Sousa, dito Sócrates.

A começar pelo chamado primeiro ministro Costa, temos Santos Silva, Cabrita, Vieira da Silva, Pedro Marques, Ana Vitorino, Perestrelo..., um poderoso escol. De assinalar também que Costa era número dois do líder Sócrates, Santos Silva o politicão de serviço permanente à defesa do dito, e por aí fora.

Repescados do socratismo, desempenham hoje com altiva eficácia as funções que lhes foram confiadas por escolha do PM e investidura pelo senhor de Belém.

Compaginando estes factos com a acusação ontem publicitada sobre a rede de trafulhices daquele tempo, ocorre-me perguntar se estes senhores nunca perceberam nada do que se estava a passar debaixo do seu nobre nariz, se andavam a dormir na forma ou se, coitadinhos, foram apanhados de surpresa.

Faz lembrar a história dos três macacos, o que não via, o que não ouvia, o que não falava. Os nossos actuais governantes fazem o pleno dos três macacos: cegos, surdos e mudos.

Por isso, sejamos justos: estes senhores nunca deram por nada, nem ao tempo, nem agora. Razão porque nunca pediram desculpa do que ajudaram a fazer (a banca rota), ainda menos, por desconhecimento, da monumental tramoia em que estavam metidos – coitadinhos, sem saber de nada. Há quem como disto?

Há é quem diga que é tudo falta de vergonha, ausência total de responsabilidade e de honorabilidade. Há quem diga que, se tivessem disso, jamais teriam o topete de voltar à tona da política.

Como é óbvio, quem tal diz é malévolo, intriguista e caluniador. Razão pela qual o IRRITADO, como é claríssimo, não entra em tal coro.

 

13.10.17

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub