Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

OS CUCOS

Anos atrás, os estaleiros de Viana do Castelo, empresa pública, entraram em crise. Muitas razões terá havido para tal, mas a grande machadada, a finaL, a letal, fou vibrada por um indivíduo que, hoje, é presidente do Partido Socialista, chefe do seu grupo parlamentar e, diga-se com inteira justiça e em abono da verdade, o mais “endogâmico” de todos os portugueses.

Era ele chefe do governo dos Açores. A região tinha encomendado um importante navio aos estaleiros, para transportes inter-ilhas. Estava o navio pronto, mas descobriu-se, talvez com razão, que a velocidade de ponta era um nó abaixo do combinado. O “dono da obra” ficou de tal maneira agastado, e não houve meio termo: cancelou a encomenda, recebeu de volta o que já tinha pago, foi alugar (por fortunas) embarcções à Grécia, e deu cabo dos estaleiros de uma penada.

Centenas de trabalhadores sem trabalho, um buraco financeiro dos diabos, o navio vendido ao preço da chuva. O açoriano veio para o continente e, em reconhecimentos dos altos serviços que prestara à Pátria e a Viana do Castelo, acabou por ser levado em ombros à presidência do Partido Socialista. Tem a sua lógica, não tem?

Chegou, entretanto, um governo decente. A desgraça socialista tinha chegado ao fim. Esse governo concedeu a exploração dos estaleiros dos estaleiros a uma empresa privada. O clamor foi geral. Canalhas, malandros, querem privatizar o que é do Estado, nosso, de todos os portugueses! Neoliberais, proto fascistas!

O tempo foi passando. Os estaleiros sairam da fossa, os empregos foram recuperados, sendo realista pensar que tudo continuará em boa senda.

O lançamento de uma nova embarcação foi realizado com pompa. Muito bem. A geringonça apareceu em peso, apropriando-se de mais este “feito”. Não sei se lá estava o açoriano. Quem não estava de certeza – não era bem vindo – foi quem cometeu o “crime” de salvar os estaleiros, ou seja Passos Coelho e Aguiar Branco, por exemplo.

Os cucos estão no poder.

 

14.4.19   

2 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D