Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

PARLAPATICES


O  inigualável Magalhães (não confundir com o computador nem com o Fernão de) veio a terreiro defender que se um parlamento se guiar pela “disciplina cesárea”, será “uma aberração”.

Haverá que traduzir esta tão esclarecida opinião: o que o homem queria dizer é que os deputados do PSD, se votaram em bloco a história do referendo sobre a “co-adopção”, não passam de aberrações com pernas.

Demos de barato as diversas opiniões sobre o assunto. O que nos trás é a coerência deste alto socialista.

O homem foi ínclito deputado comunista, tonitruando as teses do PC como se fossem a verdade absoluta. Fosse qual fosse o assunto, não há memória de alguma vez ter votado sem respeitar a disciplina do comité central.

Depois, apagado o “farol” soviético, o fulano achou que tinha que se “aggiornare”. Meteu-se no PS, e lá foi parar ao Parlamento outra vez. Continuou a exercitar ribombantes oratórias, desta vez a favor do “socialismo democrático”. Também não consta que, uma vez que fosse, tivesse rompido a disciplina partidária, tivesse feito uma declaração de voto que fosse menos alinhada com o poder do partido. Até chegou a secretário de Estado não sei de quê. Teve assento na “Quadratura do Círculo”, local onde não fez história nem consta que alguma vez tivesse feito considerações menos convenientes ou menos alinhadas com o poder instalado no partido.

E é este parlapatão que, agora, vem chamar aberração aos que fazem, ou fizeram, exacatmante o mesmo que ele passou a vida a fazer!

Para que conste.

 

27.01.14

 

António Borges de Carvalho

12 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D