Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

QUE LINDOS!

 

Os dois de fatinho azul, camisa branca (uma mais foncée que a outra), gravatinha vermelha como a que usava o orago Pinto de Sousa nos bons tempos, tudo nos conformes, unha tratada, barbeiro à entrada, postura afinada, um consolo!

Dizer coisas que valesse a pena ouvir, não disseram. Nem um nem outro sabe o que há-de fazer a isto, mas paleio não lhes falta: essa é que é essa. Um tem oitenta medidas mais menos deputados. Outro tem uma agenda. Ambos querem relançar a economia, baixar os impostos, pagar as dívidas, defender o estado social, aumentar as reformas, renegociar com o BE, a UE, o FMI e outras instâncias que andam para aí a chatear. Como? Não dizem. Fica para depois. As medidas de um são como a agenda do outro. Puro blabla.

 

Não se gramam. Tão oco o Oco I como o Oco II. Se há diferença, é a favor do I, que foi eleito e é legítimo. O II quer o poleiro, foi ordinário, malandrão, traiçoeiro; pode ser tudo menos um tipo decente. O I talvez seja. Primeiro-ministro um deles... que mais nos há-de acontecer?

O processo que o I inventou para ganhar tempo e desgastar o II, é de estalo: eleger um tipo para um cargo que, se vier a ficar à disposição da agremiação, não será eleito, nem nada obrigará a que seja nomeado: não há, nem na Constituição nem na lei, candidatos a primeiro-ministro. Nada há que dê cobertura a esta trapalhice. Nada não: dá-lha o Tribunal Constitucional que, expressamente, fecha os carinhosos olhinhos. Imaginem o que sucederia se a coisa se passasse no CDS ou no PSD; seria, como é evidente, altamente ofensiva dos mais elementares “princípios” constitucionais.

 

O processo é capaz de estalar na boca do seu inventor. Arranjou uma data de eleitores ad hoc, gente que não controla como controlaria a massa associativa. Uma espécie de lotaria viciada, sem segundos prémios nem terminações.

 

O IRRITADO não aposta, mas opina: antes o I. Porquê? Imaginem que apanhávamos outra vez com o Santos Silva, o Silva Pereira, o Campos, a tralha do sótão do Pinto de Sousa de novo no galarim, promessa implícita do II. Imaginem! Que seria de nós? Por isso, e porque, Oco por Oco, antes o que, que se saiba, não traíu ninguém nem tem as toneladas de esqueletos no armário que o outro tanto ama.

 

No fundo, no fundo, a teoria da conspiração é capaz de estar certa: tudo isto não passa de uma manobra psico-aldrabona destinada a meter na cabeça das pessoas que o próximo primeiro-ministro será do PS. Bem visto. Lavado o cérebro aos eleitores (nós), a decisão será dos “simpatizantes”. Bem visto.  

 

24.9.14

 

António Borges de Carvalho

6 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub