Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

irritado (blog de António Borges de Carvalho).

O SOCIALISMO É A FILOSOFIA DO FRACASSO, A CRENÇA NA IGNORÂNCIA, A PREGAÇÃO DA INVEJA. SEU DEFEITO INERENTE É A DISTRIBUIÇÃO IGUALITÁRIA DA MISÉRIA. Winston Churchill

SINAIS DOS TEMPOS

 

Dona Raquel Varela deu-nos ontem, na TV do Estado, um preciosíssmo contributo para o nosso esclarecimento sobre o formidável problema dos professores. Uma universidade qualquer, onde, suponho, dona Raquel - “historiadora” -  tem assento, publicou um estudo, fantástico, credível, honesto, rigoroso, etc., no qual era investigada a classe nos vários níveis de ensino, à excepção do universitário.

Das conclusões de tão precioso documento ressalta que a maioria dos inquiridos tem ingentes problemas psicológicos e de saúde (há dez mil de baixa...), e inúmeras razões de queixa - são mal pagos, o seu trabalho não tem o reconhecimento que merece, o governo não os compreende nem lhes paga o que lhes deve, e por aí fora.

Mas, meus senhores, há algo em que a maioria é esmagadora. Noventa e tal por cento adora ensinar, acha que os alunos são uns tipos porreiríssimos, tem uma extraordinária dedicação e um devotado amor pela profissão..., o que a dona Raquel não se cansa de sublinhar.

Ponha-se agora na pele de membro desta tão incompreendida classe, tão incompreendida que vive sob a alçada do barbaças dos sindicatos - que era, há dezenas de anos, professor de trabalhos manuais e se deixou disso para trabalhar para o PC. Perguntam-lhe tudo, você diz mal de tudo e mais alguma coisa, como o barbaças manda. Mas, e aí é que bate o ponto, quando chega ao seu acendrado amor pela profissão, pelos alunos, pela pátria, pelo serviço público, você, que não gosta de dizer mal de si próprio (é humano...), declara que não quer nem tem outro objectivo na vida senão servir a causa. Não vá alguém descobrir que você tem um pó desgraçado ao que faz e lhe arrange um emprego na privada, de onde, até, imagine-se, pode ser despedido. T’arrenego, xiça!

Sinais dos tempos.

 

7.7.18

3 comentários

Comentar post

O autor

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D